nutricao2

A Dietética e Nutrição é uma área que tem como objetivo primordial a aplicação das ciências da nutrição e dietética na prevenção e tratamento de doenças tal como na promoção e educação da saúde, a nível individual e coletivo.

O Dietista é um profissional de saúde que pode ajudá-lo a atingir os seus objetivos, quer seja na perda ou ganho de peso, bem como no tratamento de diversas patologias onde o acompanhamento nutricional seja necessário.

Patologias

  • Deslipidemias (hipercolesterolemia e hipertrigliceridemia)

    As deslipidemias dizem respeito à presença de níveis elevados ou anormais de lípidos e/ou lipoproteínas no sangue (colesterol e triglicéridos elevados). Estas substâncias podem aumentar o risco de aparecimento de doenças cardiovasculares. O Dietista poderá prescrever um plano alimentar com vista à normalização do perfil sanguíneo do paciente e melhoria na saúde.

  • Diabetes

    A diabetes é uma doença crónica caracterizada pelo aumento dos níveis de açúcar (glucose) no sangue. Caso não seja tratada a tempo, a diabetes pode dar origem a uma série de complicações indesejáveis como a perda de visão, perda da função renal, “pé diabético” e disfunção erétil. Neste âmbito, o Dietista pode ajudá-lo a manter a glicémia sob controlo, evitando assim complicações futuras.

  • Doença Celíaca

    A doença celíaca é uma doença causada pela intolerância do organismo a uma proteína denominada glúten que danifica o aparelho digestivo e interfere com a absorção de nutrientes do alimento. O Dietista pode ajudar o paciente com doença celíaca através da prescrição de um plano alimentar adequado.

  • Hipertensão Arterial

    Hipertensão arterial é uma doença crónica determinada por elevados níveis depressão sanguínea nas artérias, o que faz com que o coração tenha que fazer um esforço maior do que o normal para fazer circular o sangue através dos vasos sanguíneos.

    A alimentação é parte importante no tratamento da hipertensão arterial e alguns cuidados devem ser seguidos diariamente sendo nesta valência que o Dietista será uma mais valia para o utente com hipertensão arterial.

  • Hiperuricemia (gota)

    A hiperuricemia é a presença de níveis altos de ácido úrico no sangue. Os sais de urato de sódio depositam-se facilmente quando em excesso nas articulações periféricas, nos tornozelos, nos calcanhares e nos joelhos, podem levar a um inchaço característico e dor. O Dietista pode ajudá-lo na prescrição de um plano que minimize a acumulação de sais de urato nas articulações.

    Na consulta de nutrição serão analisados uma série de parâmetros de saúde para que o plano alimentar prescrito seja o mais individualizado e preciso possível:

    • Avaliação do estado nutricional e caraterização do perfil corporal através de equipamento médico apropriado;
    • Realização da anamnese alimentar;
    • Prestação de assistência nutricional individual, elaborando o diagnóstico nutricional, com base nos dados clínicos, bioquímicos, antropométricos e alimentares;
    • Prescrição nutricional, com base no diagnóstico e estado de saúde, adequando-a à evolução do estado nutricional do individuo;
    • Prescrição, planeamento, análise, supervisão e avaliação de planos alimentares terapêuticos;
  • Nutrição desportiva

    A alimentação dos desportistas é cada vez mais vista pelos agentes desportivos com atenção e preocupação. A nutrição deve ser inserida no plano de treinos com base científica no sentido de otimizar o sucesso dos atletas.

    O excesso de peso ou uma proporção inadequada de massa gorda, podem ter consequências negativas na performance desportiva. O atleta é assim um indivíduo sujeito a gastos energéticos muito superiores aos da população geral, do que resultam exigências nutricionais específicas.

    O Dietista, neste âmbito, pode auxiliar o atleta na prescrição de um plano alimentar adequado às exigências nutricionais da modalidade, para assim maximizar a performance. Caso se justifique, o Dietista poderá ainda aconselhar diversos suplementos alimentares que possam ajudar o atleta a atingir os seus objetivos.

  • Nutrição na pré conceção, gravidez e pós parto

    Na mulher, gravidez deverá ser uma fase da vida bem planeada e consciente de que todos os seus comportamentos surtirão efeitos na saúde do feto.

    A importância da alimentação, surge logo na pré conceção para ambos os progenitores. Tem uma função decisiva na preparação, concretização e manutenção de uma gravidez e um pós parto saudáveis.

    Durante a gravidez, uma boa nutrição pode assegurar o desenvolvimento normal do feto, assim como o estado ótimo de saúde da mãe.

    Após o nascimento, a densidade nutricional e qualidade do leite materno são fortemente influenciados pela alimentação da mãe. Assim, a mãe deverá ter uma alimentação equilibrada para que o leite forneça todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento ótimo do bebé. Isto poderá ainda ajudar a mãe a recuperar a sua composição corporal, energia e silhueta que tinha antes de engravidar.

  • Obesidade

    A obesidade é uma doença crónica que requer esforços continuados para ser controlada. Constituindo uma ameaça para a saúde e um importante fator de risco para o desenvolvimento e agravamento de outras doenças como a diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e inclusivamente, o cancro. Os utentes com obesidade, com o auxílio do Dietista podem beneficiar de uma perda de peso intencional, principalmente se mantida a longo prazo, com ganhos imediatos em termos de saúde e melhoria da qualidade de vida.