Motricidade Orofacial nos Respiradores Orais

A função respiratória deve ocorrer por via nasal. Quando a passagem do ar é feita pelo nariz possibilita a realização de três funções importantes: humidificação, aquecimento do ar inspirado e proteção das vias aéreas superiores. No entanto, alguns obstáculos podem impedir que essa função ocorra corretamente, originando a respiração oral.

Algumas das causas mais comuns são:

  • rinite
  • sinusite
  • desvio do septo,
  • hipertrofia de algumas estruturas nasais,
  • tipo de oclusão dentária.

A respiração oral pode apresentar consequências prejudiciais tais como:

  • Alterações de sono;
  • Dificuldades de aprendizagem;
  • Alterações craniofaciais e dentárias;
  • Alterações posturais;

Dificuldades na mastigação, fala e deglutição;

No respirador oral é fundamental uma intervenção precoce e uma abordagem multidisciplinar: Otorrinolaringologista, Ortodontista, Alergologista, Fisioterapeuta, Terapeuta da Fala.

O Terapeuta da Fala é o profissional responsável pela atuação na área da Motricidade Orofacial e tem como principal objetivo o equilíbrio das funções estomatognáticas, promovendo o equilíbrio Miofuncional e a respetiva reeducação da musculatura oral.

 

Andreia Neves Martins

Especializada em Motricidade Orofacial

Cédula Profissional: C-047514175